Total de visualizações de página

domingo, 8 de abril de 2012

Exarcebando o lexico requintado

Se achas que expresso-me por meio de palavras com uma feição para que todos compreendam, podes retirar o pequeno eqüino da precipitação pluviométrica.
Homessa! Utilizo todo meu conhecimento para elaborar um léxico culto e demonstrar minha sapiência. Se não entendes meu colóquio és um tremendo energúmeno desprovido de massa cefálica. Isso tudo não é prosopopéia sonolenta para acalentar o bovino.
TRADUZINDO:
Se acha que escrevo essas palavras para que todos voces compreendam, tirem o cavalinho da chuva.
Oras, utilizo meu português para escrever palavras que demonstrem minha inteligencia. Se nao entende meu linguajar é um verdadeiro burro sem cerebro. Isso tudo não e papo para boi dormir!

Nenhum comentário:

Postar um comentário