Total de visualizações de página

sábado, 6 de outubro de 2012

PROJETO LITERATURA


                  Escola Estadual Nova Contagem I












PROJETO  LITERATURA




                                                                           Professora: Geralda Nascimento
                                                                              Alunos do 2º ano do Ensino Médio
                                                                        Bibliotecária: Vitória Marugeiro
                                                                        Supervisão: Eliana e Verônica
                                                       Vice-diretor: Milton      


                      PROJETO LITERATURA


APRESENTAÇÃO

Ao longo dos anos, muito vem se falando da importância da formação do leitor, mas pouco se tem feito no sentido de instrumentalizar pais e professores, no que diz respeito ao desenvolvimento do gosto pela leitura. Visto que o ato de ler não visa só à formação acadêmica do educando, mas a sua formação como cidadã, trabalhar com formação do leitor passa inevitavelmente pela leitura de livros, de imagens e do seu cotidiano com seu acervo cultural, que lhe dará visão de mundo.
Desde pequeno, o aluno escuta histórias narradas por sua mãe, seu pai ou seus familiares mais próximos. Os contos de fadas, as fábulas, as histórias bíblicas, os poemas, as anedotas ou até as histórias inventadas pelos seus pais carregam o poder de encantar e deslumbrar a todos os que os ouvem.
É ouvindo que podemos sentir emoções importantes na vida, como: tristeza, raiva, irritação, medo, alegria, segurança, insegurança, irritação, bem-estar, pavor, tranquilidade, liberdade, entre muitas outras sensações. Daí a importância de se selecionar livros de literatura infantil que desenvolvam nos alunos o senso crítico, construindo-se um ser independente, com uma visão de mundo voltada à situação real. A literatura é responsável pela “formação de uma nova mentalidade”.
Toda pessoa que lê e tem acesso a livros tem maior facilidade em aprender e conhecer o mundo; a leitura facilita a compreensão dos conteúdos estabelecidos, traz benefícios para toda a comunidade escolar, pois quanto maior for o entendimento e conhecimento, mais poderá o professor avançar e aguçar a curiosidade dos alunos, para que busquem as suas respostas nos livros, utilizando-os como instrumentos de pesquisa.



JUSTIFICATIVA
       O projeto tem como finalidade trabalhar juntamente com a bibliotecária e a professora de português, do 2º ano do ensino médio o interesse pela leitura.
     Partindo do princípio de que o ensino de literatura há mais de um século vem sendo feito de modo “engessado”, isto é, por meio de práticas de ensino cristalizadas, que privilegiam o aspecto cronológico da história literária em detrimento da leitura direta de textos literários, prioriza o desenvolvimento das capacidades leitoras do aluno, ao mesmo tempo em que amplia seus horizontes quanto á literatura e á cultura universais.
       Tomando como fundamentação teórica as ideias de Antonio Candido quanto ás relações entre literatura e sociedade, as de Mikhail Bakhtin quanto ao dialogismo e as de Hans Robert Jaiss quanto ás relações entre diacronia e sincronia, esta proposta  de ensino da literatura opta por uma abordagem que,sem eliminar a historia da literatura fio condutor do trabalho ,porém  não camisa de força cria diferentes cruzamentos  aproximado,por exemplo ,autores brasileiros de diferente épocas ,mas ligados  pela mesma tradição ,ou aproximando linguagens  diferentes ,como a literatura e cinema ,ou a literatura e a música popular brasileira 
    Com esses movimentos de leitura, busca-se abordar a literatura de uma perspectiva a um só tempo diacrônico e sincrônica, que se volta não apenas para as relações da literatura com o seu tempo,mas também dentro dela mesma,dando saltos,provocando rupturas,,morrendo e renascendo ,se transformando .Aí  estaria o verdadeiro sentido de historicidade do texto  literário ,um sentindo de vida,de permanência,que difere do engessamento da historiografia meramente descritiva e classificatória.
Trabalhando com os contos de fadas, os alunos constroem e
reconstroem significados para as histórias e desenvolvem o prazer
da leitura.

OBJETIVO GERAL
·       Levar os alunos a reconhecerem e praticarem a escrita de gêneros textuais ,de forma lúdica ,descobrindo e redescobrindo características textuais ,assim como reconhecer que convivem  com maior ou menor frequência com uma grande diversidade de textos na vida cotidiana.
·       Fornecer condições para que os alunos se reconheçam como leitores e também como autores de textos que circulam ao seu.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
·       Formar leitores competentes de textos literários.
·       Compreender literatura engajada ao meio social políticos e individual.
·       Ler escrever por prazer.
·       Compreender e diferenciar ficção da realidade.
·       Ter habilidade para interpretar textos.
·       Identificar tipo de gênero textual lido
·       Valorizar e apreciar textos lidos e escritos.
·       Saber diferenciar e usar a escrita formal da informal.



METODOLOGIA

  A concepção geral deste trabalho parte do principio de que o ensino de português, no ensino médio, deve estar voltado para a formação do cidadão autônomo ,capaz de interagir com a realidade do momento em que vivemos.
     Numa realidade dinâmica como a nossa, que se transforma na mesma velocidade com que se disseminam informações nos meios eletrônicos, é essencial o papel que nossa disciplina desempenha na educação formal do individuo,já que a linguagem  permeia todas as atividades humanas ,em todas as esferas sociais .Alem disso,na esfera escolar,a linguagem seja oral ,escrita ,é uma ferramenta  indispensável para a construção  de conhecimentos nas mais diferentes áreas e disciplinas.
·       Serão  lido os livros de literatura infantil tais como:
·       João e Maria
·       Branca de Neve e os sete anões
·       O pequeno príncipe
·       Chapeuzinho vermelho
·       Os três porquinhos
·       A bela e a fera
·       O pequeno polegar





DESENVOLVIMENTO
As propostas de projetos dizem respeito à situação concreta de produção e de recepção de textos. Seu desenvolvimento pode acontecer no período de quatro semanas a um ano letivo e envolver várias disciplinas e os resultados pode ser: a confecção de antologias, a apresentação de um jornal falado, a confecção de antologias, a apresentação de um jornal falado, a confecção de um jornal mural ou impresso, uma exposição, uma feira de livros, cartazes sobre um tema pesquisado, uma cartilha sobre um tema relacionado á saúde ,material,material de divulgação de uma festa escolar,um livreto sobre o trabalho comunitário ,um diário de viagem em cidades históricas ,uma revista sobre comportamento jovem ou sobre profissões,uma cartilha sobre prevenção de doenças,sobre reciclagem de lixo ,etc.
         O importante nessa prática são as exigências de valor pedagógico que se envolve:
·       O aluno produz textos para um determinado público, estabelecidos previamente. Há, portanto, um leitor /interlocutor real, que exige um texto coerente, coeso e interessante.
·       Por ter em vista o leitor/interlocutor, o aluno se conscientiza da necessidade de revisar com cuidado seu texto, de faze_lo legível e compreensível e de adequá-lo a certa variedade linguística, ao gênero e á situação.
·       Para produzir os textos, o aluno sente necessidade de ler muitos outros, para saber como se organizam, quais são suas características, como é sua linguagem, que tamanho normalmente tem, em que tipo de letra são apresentados, como são dispostos nas páginas, etc. Para produzir  uma notícia,por exemplo ,ele irá empregar um lead,a narração propriamente dita,uma linguagem impessoal,objetiva e clara ,a variedade padrão ,no caso de um cartaz,mensagem curta e persuasiva ,linguagem impessoal,a variedade padrão ,letras grandes ,alguma ilustração,etc.
·       Diferentes áreas são envolvidas na atividade, seja quanto á intersecção de conteúdos, seja quanto á busca de recursos de expressão. Assim, na confecção de um cartaz para uma campanha sobre cuidados com a saúde, por exemplo. Ciências e Educação física contribuem com os dados científicos, Arte com as ilustrações, o tipo de letra a ser usada, a disposição de texto e imagens, Língua Portuguesa com informações sobre o gênero.
·       Os projetos favorecem o trabalho em grupo, a organização e a troca de contribuições com vistas a atingir um objetivo comum. Alunos inibidos tem oportunidade de se manifestar, aqueles que ainda não se expressam eficazmente na escrita podem se expressar oralmente os que tem outras habilidades,como desinibição para entrevistar pessoas,desenhar ,ilustrar etc.,sentem-se valorizados.
·       Os projetos também favorecem determinadas práticas cotidianas de sala de aula, que normalmente ,quando descontextualizadas,não fazem sentido para o aluno, mas, contextualizadas, passam a fazer sentido, como, por exemplo, cópias, ditados, reescrita de textos, busca de coerência e coesão, ortografia, pontuação, concordância verba e nominal de acordo com a variedade padrão, letra legível, capricho, organização, etc.
·       A leitura oral do próprio texto conduz o aluno a desinibição e gera a atitudes ,extremamente positivas ,pois encoraja a expressão espontânea ,estimula a fluência de ideias e cria o respeito mutuo ,uma vez que ,quando  um aluno Le ,todos os outros costumam mostrar interesse,aplaudindo ou se manifestando com palavras,palmas ou risos quando reconhecem um texto diferente ,bonito ,criativo ,engraçado,”literário” .O papel do professor nesse momento é identificar as dificuldades da escrita (falta de adequação ao tema á variedade linguística e ao gênero textual proposto  ausência de coesão ,coerência ,clareza ,objetividade,criatividade)para serem trabalhadas em outro momento individual ou coletivamente.
·       Logo após os alunos recontarão as historias usando a língua escrita.
Em seguida os alunos escreverão livros parodiando com as histórias lidas ou até usando da verossimilhança para aproximar a expressão do seu cotidiano.

CONCLUSÃO

   Ao termino do projeto serão recolhidos os livros escritos, pelos alunos, apreciados e expostos à biblioteca para serem contemplados pelos demais.






BIBLIOGRAFIA

PORTUGUÊS LINGUAGEM
AUTOR WILLIAM ROBERTO CEREJA E THEREZA COCHAR MAGALHÃES.VOLUME 2..2009 EDITORA  ATUAL


CANDIDO ANTONIO
BAKHTIN MIKHAIL
JAISS ROBERT HANS
LITERATURA INFANTIL – LIVROS – CLÁSSICA

Nenhum comentário:

Postar um comentário